Valdomiro Silveira ainda vive entre nós

“Se não existisse Valdomiro Silveira, não existiria Guimarães Rosa”.  (Frase de Guimarães Rosa)

Basta o dito pelo grande mestre Rosa, para que todos entendam.

Quem foi Valdomiro Silveira? Valdomiro foi um escritor brasileiro dedicado a contar histórias dos caipiras e caboclos. E contava com boniteza. Se Guimarães inventava termos “nonada”, Valdomiro anda como peixe fora d’água, desalinhando os corações daqueles que admiram um Brasil do interior com seus causos, suas prosas todas prontas. Foi percursor do regionalismo, segundo a crítica literária. Guimarães foi influenciado pelo literário, e não negava sua admiração.

E para surpresa dos espectadores, o espetáculo de 2018, “Leréias” retorna aos palcos. Mais que surpresa, sorte. Agora, o espetáculo se apresenta na plataforma digital, pelo Youtube, no canal do teatro SESI Firjan. Amiga da cultura brasileira, a instituição presenteia a sociedade brasileira com essa obra ímpar, que traduz na pele arrepiada de quem assiste o que é emoção.

Alessandro Martins, curador da instituição, quando questionado sobre o motivo de sua escolha por “Leréias” responde sem pestanejar: “além da importância de Valdomiro, pela linda atuação do solista, a sensibilidade e a sensação que esse espetáculo acolhe”.

Jandir Ferrari, ator do audiovisual, faz um xale e uma cadeira serem suficientes, como se não precisasse de absolutamente mais nada, impõem-se imponente.

O Teatro faz-se quando o artista se coloca em cena frente a seus espectadores. Nesse transbordo cênico Jandir faz-se imenso, lindo e poético. Suas expressões corporais são sensíveis e imensamente admiradas, adequadas aos personagens que interpreta. Sua voz, o carro chefe da obra, um primor ouvir a forma com que conduz sua narrativa. É possível sentir os personagens por meio das audições.

As músicas compostas e interpretadas por Antônio Prado são uma dádiva, caem como uma luva ajustada perfeitamente às mãos, abraça os dedos, aquecendo-os do frio.

A iluminação, precisa e inteligente. Adriana Ortiz comove com sua sensibilidade em fazer o artista em cena. Afinal, Valdomiro é um contista regional, e bem se faz ouvir aqueles que contam boas histórias. É o caso desse espetáculo, sem sombra de dúvidas.

“Leréias” convida a todos a conhecerem um caboclo, uma prostituta e um assassino, com poéticas irrepreensíveis.

O Brasil, nesse momento de angústia, merece entender a sua grandeza, a sua história, para encorajar sua retomada e tomar as rédeas nas mãos. Para isso, precisa entender a sua identidade. É possível mudar, não se trata de uma nação pequena, mas sim, de um país com um povo forte, combatente, de riquezas imensuráveis e incontestavelmente belas.

O brasileiro sabe fazer arte, sabe se fazer apaixonar e isso é um passo para determinar novas direções e realizar a mudança que tanto precisa. Viva a cultura brasileira, viva o SESI, viva Jandir Ferrari e viva Valdomiro!

LERÉIAS

On-line e gratuito

Disponível 24 horas

Duração: 44 minutos

Assista: htt

FICHA TÉCNICA

Texto: Valdomiro Silveira
Interpretação: Jandir Ferrari
Direção: Caio de Andrade
Músicas compostas e interpretadas por Antônio Porto
Iluminação: Adriana Ortiz
Figurino: Karine Andrade

Música: Dark Moment/Pollyanna Maxim

POCKET CULTURAL O projeto traz para você, às quintas, apresentações on-line de música, teatro ou dança, no canal SESI Firjan. E sempre de graça.