COLUNISTAS

Existem crianças encantadas pelo circo. Este carioca da gema era completamente apaixonado pelos resultados inesgotáveis que a combinação de sete notas musicais podem proporcionar. São paisagens, texturas, cores, odores que fazem a gente viajar para longe. Músico frustrado que apanhou (muito) de guitarras e baixos elétricos, preferiu deixar esta paixão fluir por meio de textos jornalísticos sobre cantores, instrumentistas e compositores. Músico frustrado que apanhou (muito) de guitarras e baixos elétricos, preferiu deixar esta paixão fluir por meio de textos jornalísticos sobre cantores, instrumentistas e compositores.
Felipe Lucena é jornalista, roteirista e escritor, sobretudo, cronista e tem uma vontade crônica de escrever, quase compulsivo. Na coluna, vai publicar crônicas semanais dos mais variados estilos. Afinal, cabe tudo em uma crônica. Fiquem à vontade.
Tijucana raiz, casada com e mãe de um botafoguense, pescadora nas horas vagas. Formada nas mais nobres instituições brasileiras Colégio Pedro II, UFRJ e UERJ. A despeito do serviço público, encontrou na consultoria de estilo sua verdadeira paixão. Acredita que imagem é o cartão de visita de qualquer pessoa, e que deve refletir seu momento de vida!
Carioca da gema, pedagoga de formação e artista por transgressão, vem fazendo da pintura e da escrita sua maior forma de expressão e comunicação com o mundo. Falar sobre o que a sociedade quer varrer pra baixo do tapete é sua maior realização.
Sou carioca, graduado em História, com mestrado em Serviço Social e doutorado em História. Professor da rede pública, acredita em uma sociedade que respeite as diferenças e busque a garantia de direitos a todos. Uma sociedade baseada na Declaração Universal dos Direitos Humanos.
Sou carioca, morador do Grajaú, compositor, músico, arranjador, professor e pesquisador de música, instrumentos de corda e de discos. Um visceral contemplador da existência, que acredita que a arte, particularmente, a música, é a mais natural e eficaz ferramenta de comunicação e integração. E que pode nos fazer perceber, novamente, humanos e nos tornar dignos do planeta que habitamos. Humanos e nos tornar dignos do planeta que habitamos.
Apaixonada por arte, dança, teatro, cinema, música e pela vida, arquiteta e produtora cultural, encontra nas palavras escritas a melhor forma de se expressar. Mulher mais sortuda do planeta: 2 filhos maravilhosos e um grande amor são fonte inesgotável de inspiração!
Ricardo Dias é carioca. Nessa vida já foi tudo, palhaço, carpinteiro, seresteiro, vagabundo e plagiador de música antiga. Escreve bobagens, tolices, platitudes, tolêmias, desatinos, disparates e tontarias. É, majoritariamente, do contra. Belo, sem exageros desnecessários. Um pouco acima do peso.
Depois de cursar alguns anos de jornalismo encontrei na gastronomia os temperos que buscava para a vida. Mergulhei fundo neste universo e como Chef continuo explorando novos sabores, cores, texturas. A coluna Tá na mesa traz algumas receitas que aprecio e aproveito para dar dicas das minhas experimentações.

PORTAL INDICA

A arte milenar da gastronomia japonesa em destaque

A gastronomia de um país, evidencia o gosto e os hábitos culinários de um povo e suas tradições. A cultura japonesa, tão marcante e...

‘Perfume de Mulher’ volta aos palcos cariocas em curta temporada

Espetáculo com direção de Walter Lima Jr. estrelado por Silvio Guindane e Natália Lage Após uma temporada de sucesso no Rio de Janeiro e...

Estreia nacional, texto inédito e direção do premiado Renato Carrera

O ano de 2020 se inicia com a estreia de “Ielda – Comédia Trágica”, no dia 6 de janeiro, no...

Malize ‘No Mundo da Lua’, o universo conspira a favor da música autoral

RIO • A nova cena cultural da música autoral tem apresentado novos grandes talentos. Malize, cantor, compositor e multi-instrumentista, está nos palcos desde os...

Uma viagem ao mundo no Edifício Central

Exposição fotográfica apresenta imagens capturadas por oito fotógrafos em diferentes países e povoados  RIO • Conhecer cada aspecto da humanidade é uma busca incessante na...

Cinco décadas de MPB4

RIO • Os últimos anos foram dos mais produtivos para o MPB4, do alto de seus mais de 50 anos de valiosíssimos serviços prestados...